Páginas

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Vaquejada é esporte? Desde quando?

Na minha definição, esporte é algo que exige habilidade física e até intelectual, com o consentimento de seus participantes.

Por este motivo, considero que rodeios e vaquejadas,touradas, pesca dita esportiva e caça nada tem de esporte, apenas um ato que prazer ao ver o sofrimento do animal ante as demonstrações de força de seu algoz.
"Tramita na Câmara projeto que regulamenta a vaquejada como atividade esportiva. Pela proposta (Projeto de Lei 3024/11), do deputado Paulo Magalhães (PSD-BA), a atividade será regulada e remunerada nos termos da Lei 10.220/01, que regula a profissão de vaqueiro.
A legislação estabelece, por exemplo, que a empresa promotora de rodeios deve assinar contrato por escrito com o peão, com cláusulas como prazo de vigência – entre quatro dias e dois anos – e forma detalhada de remuneração.
A promotora do evento também é obrigada a contratar seguro de vida e de acidentes em favor do peão. A apólice deve compreender indenizações por morte ou invalidez permanente no valor mínimo de R$ 100 mil, a ser atualizado a cada doze meses com base na Taxa Referencial de Juros (TR). Deve-se prever ainda o pagamento de todas as despesas médicas e hospitalares causadas por acidentes de trabalho.
O projeto estabelece ainda cuidados com a proteção dos animais envolvidos na competição. De acordo com o texto, a proteção à saúde e à integridade física dos animais compreenderá todas as etapas do evento, inclusive o transporte do local de origem, a chegada, a acomodação, além de alimentação, trato, manejo e montaria, “observadas as devidas precauções”.
“Manifestação cultural”
O projeto considera a vaquejada um evento esportivo de competição, em duplas montadas, com o objetivo de dominar bovinos. Somente poderão ser usados animais liberados para a competição por atestado de veterinário, prossegue o texto. A proposta ainda detalha as características da pista e da competição, assim como a atuação do juiz.
O deputado Paulo Magalhães afirma que a vaquejada representa uma manifestação cultural legitimamente brasileira, que atrai público “fiel e apaixonado” e inúmeros atletas. “As cidades onde são promovidas transformam-se em destinos turísticos”, agrega.
Tramitação
O projeto, que tramita apensado ao PL 2086/11, será analisado pelas comissões de Turismo e Desporto; Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, será votado no Plenário.
Dê sua opinião
Clique aqui para participar da enquete e dizer não a este projeto insano.
Escreva para a Câmara dos Deputados, registrando sua oposição ao projeto, clique aqui."
Fonte: Agência Câmara de Notícias | Via Vista-se

10 comentários:

Kit e seu diário disse...

Oi Jordana!

Acompanho seu blog à alguns dias.

Acho uma crueldade esses "esportes" com animais.
Eles deveriam ir pra Câmara para melhorar as leis que já estão defasadas e não criar novas e absurdas como essa.
Estarei sempre por aqui.
Abraço, Erika (kit)
http://kiteriaeseudiario.blogspot.com

Flávia by Flávia disse...

Oie

Que horror isso mesmo, é muita crueldade!

Bjokas!

Red PomPom disse...

Ola,
bela iniciativa esta sua, eu sou contra a vaquejada! Acho isso tudo uma selvageria sem limites

Tambem expressei minha opniao nos links da camera de deputados
Abraços

Anônimo disse...

Antes de julgarem conheçam mais sobre o esporte.. vão a uma vaquejada regulamentada do tipo ABQM onde se maltratarem os animais são punidos na hora!... no esporte o boi só sofre uma queda em areia fofa..nos currais diferentemente de alguns rodeios..os animais são bem tratados ..em dias de calor tomam até banho a vaquejada além de cultura gera vários empregos e reconhecendo a como esporte devem aparecer mais regras para proteger od animais o maximmo possível.
Vaquejada é uma coisa rodeio é outra..em comum só os animais usados..eu por exemplo não gosto nem um pouco de laço..vlw

Anônimo disse...

Eu não acredito que o boi goste, até que ele mesmo me diga isso ( ou demonstre). Já participei de rodeios ,vi com meus próprios olhos que estas festas populares geram muita renda, mas as estrelas da festa não são as vacas,apesar do nome.Eu crescí no meio rural e urbano...e não concordo como os urbanos acham que entendem do que o animal rural gosta ou não...Importam-se com o lado financeiro. Demonstração de força e habilidade deve ser entre iguais e com consentimento,caso contrário, NÃO é ESPORTE.

Jordana / Gato de Sapato e Gato na Cozinha =^.^= disse...

Eu também já vi ao vivo vaquejadas e manejo, o estresse dos animais assustados é evidente. Assim como não concordo com corridas de cavalos,rinhas de cães e galos e por assim diante. Os apreciadores realmente acreditam que os animais gostam de estar ali.

AUDENI OU Dona Mocinha disse...

Oi, tudo bom Jordana?

Tenho um primo que foi várias vezes campeão de vaquejada, isto no nordeste, mas parou há anos.

Sou contra qualquer "esporte" que maltrate ou machuque animais, nunca assisti nem rodeio e nem vaquejada.
Precisamos é de leis severas para quem maltrata animais.
Esta semana na estrada que leva até o condomínio vi uma mulher jogar a moto que dirigia em cima de alguns cachorros que estavam a beira da estrada, buzinei, gesticulei, ela fez questão de emparelhar a moto comigo, me xingou, ameacei chamar a polícia se ela matasse algum daqueles cachorros e ela me ameaçou de morte, é mole???
Este é o comportamento de uma mulher, que provavelmente tem filhos, então ... tudo é EDUCAÇÃO, AQUELA QUE COMEÇA EM CASA, pois quem cresce respeitando animais, vira um adulto que respeita crianças, idosos, animais e toda forma de vida.


Bom final de semana


Audeni

Jordana / Gato de Sapato e Gato na Cozinha =^.^= disse...

Disse tudo, Audeni ;)

Rosicler disse...

É absolutamente terrível e doloroso. Em Portugal, realizam-se as touradas e alguns ainda vêm isso como "tradição".
Incompreensível e desumano como a dor dos animais traz alegria, prazer e satisfação a algumas pessoas!!

Que de uma vez por todas as pessoas ganhem consciência e acabem com essa palhaçada!

Abraços,
Rosicler

Canela Castela disse...

Amiga estou com vc e ja dei meu depoimento na Câmara.
Sabe o que isso faz gerar?
DINHEIRO MINHA LINDA!
E dinheiro fala muito mais alto do que o que sente ou não o animal!
Preocupam-se com o maldito dinheiro, lucro em todo tipo de rinhas e vaquejadas e etc...
Deus perdoem-os!
Beijos tristes para vc,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...